domingo, 2 de setembro de 2012

Brasil passa pela Eslovênia no vôlei sentado e conhece nova personagem paralímpica

>> Destaque da seleção em vitória apertada, Jana Cunha marcou 54 pontos em duas partidas. E quer mais (foto: Terra)



Imagine que você é um grande talento do voleibol. Uma garota de 18 anos, que atua pela Seleção Brasileira Juvenil e inclusive já foi eleita melhor atacante de um Sul-Americano. Pense, agora, que ao sair de um treino você foi atropelada e teve que passar por uma reconstrução na perna, acabando com seu sonho de defender o país numa Olimpíada. Essa é a história de Jana Cunha, que, se não esteve presente na seleção medalha de ouro em Londres sob o comando de Zé Roberto, busca o pódio agora nas Paralimpíadas.

No vôlei sentado, Jana é uma unanimidade. Já havia sido o destaque do time, com 22 pontos, na estreia dos Jogos, quando as brasileiras foram derrotadas pelas chinesas - atuais campeãs paralímpicas. Hoje, na vitória suada no tie break ante a Eslovênia (semifinalista quatro anos atrás), Jana teve um aproveitamento espetacular no ataque (57,7%), de dar inveja a qualquer atacante de vôlei convencional. Em comparação, a equipe eslovena botou apenas 28,5% dos ataques no chão. Com 32 pontos ao todo, a capitã da equipe teve seu dia de Sheilla ao virar quase todas as bolas do Brasil no set decisivo.

Do outro lado da rede adaptada, mais atletas cheias de história para contar. Responsável por 30 dos 59 pontos conquistados pelas eslovenas, a atacante Anita Goltnik tem nada mais nada menos do que 47 anos. E ânimo de sobra para liderar a seleção. O que também sobra na equipe bálcã é experiência: outras duas titulares, Danica Gosnak e Stefka Tomic, já fazem parte do clube das cinquentonas.

Com tanto exemplo assim, o que você, que não tem 50 anos nem perdeu força muscular na perna após um acidente, está fazendo que não jogando vôlei?

Ps: O próximo jogo da seleção é nesta segunda (03) às 15h contra os Estados Unidos. Quem vencer passa às semis e deve enfrentar a Ucrânia. Realmente espero que o Sportv transmita a partida.



3 comentários:

  1. essa história me dá arrepios!
    obrigada por escrever a respeito =)
    you are the best sports writer ever!

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir